Porque é que recomendo o Revolut Business para os trabalhadores remotos?

Revolut Business - Nomadismo Digital Portugal
Índice

A par das questões relacionadas com recibos verdes e de onde encontrar clientes, uma das perguntas que mais me fazem é sobre bancos e pagamentos online. E a minha recomendação recai sempre sobre o Revolut Business. Neste artigo explico-te porquê.

A minha experiência com o Revolut

O meu primeiro cartão Revolut foi em 2017. Tive que ir pesquisar nos meus emails para confirmar (parece que já foi em outra vida).

Em 2017 tinha acabado de me mudar para os Estados Unidos, e trouxe comigo o meu primeiro cartão Revolut para conseguir movimentar o meu dinheiro com liberdade até abrir conta americana e começar a minha vida aqui. Era uma conta pessoal, a Standard, e funcionou na perfeição.

No entanto, um ano depois, em 2018, decidi abrir uma conta Business. Essa decisão foi tomada porque tinha aberto empresa na Estónia e precisava de uma solução bancária que fosse flexível e fácil de gerir a partir dos Estados Unidos.

Procurava também uma solução que tivesse baixos custos de manutenção e claro, que fosse totalmente digital e que aceitasse transações em várias moedas.

Como foi a minha experiência com o Revolut Business?

O processo de abertura da conta Business foi super rápido e fácil. Bastante similar à abertura da conta pessoal, com a diferença de que pedem alguns documentos relativos à empresa.

No caso da Estónia, bastou que enviasse à Revolut um documento que comprovasse a abertura de empresa, documento esse que se recebe no momento de abertura da mesma.

Ao abrir a minha conta no Revolut, existe integração com o sistema de contabilidade da XOLO (empresa que usei para a minha empresa na Estónia).

Isto significa que as transações feitas no Revolut são automaticamente integradas com a contabilidade, o que é uma maravilha.

Hoje a Revolut Business já disponibiliza integração com outros sistemas de contabilidade internacionais, e certamente irá integrar com alguns portugueses.

O grande diferencial que o Revolut Business teve para mim foi a questão do suporte: existe um suporte via chat, com o qual é muito fácil de entrar em contacto em caso de problema.

Tal como na conta pessoal, o Revolut Business tem um cartão da rede Mastercard, que pode ser usado em qualquer lugar do mundo. Na altura tive um cartão branco bem estiloso (que faz lembrar o novo cartão de crédito da Apple).

Cartão Revolut Business
Cartão Revolut Business – Rede Mastercard

As vantagens que destaco do Revolut Business

Se tens uma empresa ou atividade aberta e queres gerir o teu trabalho como um negócio a sério, aconselho a que tenhas uma conta Revolut Business ao invés de uma conta pessoal.

Eis algumas das vantagens pela quais destaco este tipo de conta:

  • Contas com IBAN único em 28 moedas – muito prático se recebes dinheiro em várias moedas;
  • Integrações com PayPal e WooCommerce – esta é provavelmente a maior das vantagens, e pelo qual aconselho profissionais remotos e negócios online a ter este tipo de conta;
  • Cartões virtuais super fáceis de criar. Isto é muito prático para compras online e associar a subscrições que poderás querer cancelar facilmente ou para controlo mais fácil dos gastos;
  • Vários descontos e promoções exclusivas para os membros Revolut Business (podes vê-los aqui: destaco o desconto excelente de $100 no Slack ou ainda os 3 meses grátis no InvoiceXpress);
  • e muitas mais vantagens que podes consultar aqui.

Custos do Revolut Business

Outra grande vantagem do Revolut Business é que podes começar gratuitamente! Isso mesmo: podes pagar €0 por mês pela tua conta Revolut Business.

Depois, à medida que sentires que o teu negócio está mais solidificado e a ter mais lucro, podes fazer upgrade para o plano Crescimento que custa €25 por mês (que era o que eu tinha na altura). 

Para novos aderentes até ao fim de Abril a Revolut Business está a oferecer 3 meses gratuitos deste plano de 25€/mês, permitindo que qualquer um experimente de forma totalmente gratuita o plano mais popular.

Juntamente com esta promoção, a Revolut Business também está a oferecer 3 meses gratuitos do plano de Freelancer de 7€/mês. Basta fazeres a inscrição neste link e poderás usufruir destes planos sem qualquer custo.

No plano inicial gratuito não tens acesso ao suporte prioritário 24/7 nem aos descontos e promoções exclusivas. Mas se ainda não tens muito lucro com o teu projeto, começa por esta conta, explora o Revolut e vê se é a solução perfeita para ti.

O Plano Freelancer a 7€ por mês é também uma excelente opção para quem trabalha remotamente e por conta própria. Por esse valor (depois de usufruires dos 3 meses gratuitos clicando aqui), tens:

  • Pagamentos gratuitos e ilimitados para outras contas Revolut;
  • 20 transferências locais gratuitas;
  • 5 transferências internacionais gratuitas;
  • IBANs em 28 moedas;
  • Cartão de débito;
  • Cartões virtuais e também
  • a API que te permite fazer várias integrações.

Se não precisas das 100 transferências locais, das 10 internacionais e dos plafonds de câmbio superiores do plano Crescimento (25€/mês) permite, o plano Freelancer é a tua opção!

O que precisas para abrir uma conta Revolut Business

Criar uma conta empresarial no Revolut é muito simples e totalmente online. A aprovação demora apenas 24 horas e tens suporte e acompanhamento durante todo o processo.

A nível de documentos, vais precisar:

  • Documentos da tua empresa:
    • Certidão Permanente (no caso de empresa da Estónia foi o Business Registration disponível no e-Business Register)
    • Informações de padrões de atividade financeira (no meu caso, foi o mesmo: o Business Registration do e-Business tem tanto os dados de registo da empresa, como das informações financeiras da empresa)
    • Verificação de acionistas (até 25% de controlo) (novamente, é o mesmo documento, se és o único acionista da tua empresa basta esse documento e um documento de identificação)
  • Documentos teus:
    • Cartão de cidadão ou Passaporte
  • Clica aqui para iniciares o processo de abertura da tua conta

De momento a Revolut Business aceita o seguinte tipo de empresas:

  • Empresa com presença física no Espaço Económico Europeu (EEE) ou na Suíça;
  • Empresários em nome individual;
  • Sociedade unipessoal por quotas;
  • Estabelecimento Individual de Responsabilidade Limitada;
  • Sociedade por quotas;
  • Sociedade Anónima;
  • Sociedade em Nome Coletivo;
  • Sociedade em Comandita.

Não aceitam, neste momento, associações, instituições de caridade, fundos tais como fundos de capital de risco, empresas do setor público, fundos de investimento aberto, entidades de finalidade especial, fundações ou cooperativas.


Artigo escrito a convite da Revolut, para partilhar a minha experiência com o Revolut Business. A minha partilha é verídica e genuína, não tendo sido influenciada pela empresa em questão.

Krystel Leal
Krystel Leal
Trabalha por conta própria e remotamente desde 2015. É a fundadora também do Nomadismo Digital Portugal. Curiosa por natureza, passa demasiado tempo a questionar-se sobre o futuro das coisas. Vive hoje na Califórnia, em Silicon Valley, onde vê os seus questionamentos a materializarem-se bem mais rápido do que alguma vez imaginara.
Vem continuar a conversa!
A Comunidade Digital é um espaço exclusivo do Nomadismo, onde encontras pessoas que te vão incentivar a pensar mais e a criar mais.